Páginas

12 setembro 2017

Superintendente do Ibama-RN, indicação de Rogério Marinho, é a afastado do cargo por envolvimento em irregularidades

Agora RN - Nesta terça-feira a Polícia Federal deu detalhes sobre a operação Kodama, que apura irregularidades dentro do Ibama do Rio Grande do Norte. O principal alvo da investigação é o superintendente do órgão no RN, Clécio Santos.

O Ibama informou que já havia pedido o afastamento do superintendente em julho deste ano. A investigação feita pelo Ministério Público Federal em conjunto com a Polícia Federal verificou que existia um esquema que envolveu três empresas de processamento de pescado, um hotel e a superintendência do Ibama.

De acordo com a polícia a superintendência atuava favorecendo de forma irregular determinadas empresas, e desconsiderando autos de infração, devolvendo bens apreendidos, além de ter feito a liberação para a construção irregular de um hotel em Tibau do Sul em uma área de preservação permanente.

A Corregedoria do Ibama concluiu no último 4 de julho um Processo Administrativo Disciplinar pedindo ao Ministério do Meio Ambiente o afastamento do superintendente. A polícia ainda investiga se as irregularidades feitas dentro do órgão por Clécio Santos seriam em troca de pagamentos financeiros.

O superintendente afastado teria sido indicado ao cargo pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB), Clécio Santos ocupava o cargo desde julho de 2016. No pronunciamento feito a imprensa a Polícia Federal não indicou um possível envolvimento do deputado no caso, Rogério tem foro privilegiado com as irregularidades apuradas. Em nota enviada pelo seu advogado Donnie Allison , Clécio Santos negou o envolvimento em irregularidades, e disse estar a disposição da justiça para colaborar com as investigações.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...